quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Ahoy até um dia


Tenho andado em silêncio por aqui, fui assaltada por um turbilhão de emoções...
Lembro-me como se fosse ontem, quando recebi o telefonema e uma proposta aliciante para escrever uma peça de teatro para os Animarte.

 
 
Foi um desafio, escrever uma aventura original e super divertida, foi um desafio, pois como sabem eu faço muitas coisas ao mesmo tempo, trabalho todo o dia, chego a casa e tenho os meus dois piratinhas e a minha "casa-barco" para tratar, e no fim de todos deitados era a minha hora de escrever, mas quem corre por gosto não cansa...e apesar de exausta, nada me tirava da escrita...
 

E assim nasceu o Ahoy piratas e cresceu nas mãos da encenadora Sofia Espirito Santo e dos pequenos Grandes atores do Animarte.


Se não foram ver a peça aqui ficam algumas imagens


Quero aproveitar para agradecer a todos os que me apoiaram nesta aventura

 
Quero agradecer às minhas musas reais que inspiraram os personagens principais


Quero agradecer aos meus amigos do coração e familia

 
Quero agradecer muito em especial aos meus amores, o papá pirata por ser o meu grande pilar, e aos meus filhotes, que merecem o mundo inteiro


Quero agradecer à Sofia, a oportunidade que me deu (sempre que precisarem de mim já sabem)


E quero agradecer a todos os Animartes, a honra de representarem os meus personagens, vocês são extraordinários!

 
Agora uma doçura amarga me envolve, estou super feliz pelo sucesso que a peça teve, e ao mesmo tempo já tenho saudades de a ver... Mas uma coisa é certa, o caminho dos sonhos é construído mesmo assim, e sonho a sonho, vamos subindo e arranjando novos sonhos... e eu adoro sonhar... mesmo que estejam cheios de trabalho, não fechem portas aos vossos sonhos... prometo que vai valer a pena!

 
 
Até um dia Ahoy Piratas, adorei cada momento! Obrigada, obrigada, obrigada!

PS: está na hora de descansar depois de tanto trabalho e da grande tempestade de emoções, está na hora de recarregar as baterias e de voltar a escrever.... que novas aventuras irão aparecer? Fiquem por perto..... e vão saber...

quarta-feira, 2 de Julho de 2014

Falso arroz - paleo style


Cada vez mais acredito nesta nova maneira de ver a alimentação, de desintoxicar o organismo dos alimentos processados, de reduzir ao máximo os açucares e farinhas. Nesta nova onda a couve flor tem tomado uma posição cada vez maior por ser tão versátil.

Alguns dos meus blogs de eleição para estas receitas, são os blogs paleo, como podem ver é super simples, e super saudável e natural, espero que experimentem e vos conquiste, somos o que comemos, e se comermos coisas boas, só temos a beneficiar.

Falso arroz com atum, ovo e mozarela (2 pratos)
 
1/2 couve flor média
1 lata de atum natural escorrido
1 ovo
30gr de mozarela ralado
Sal
Manjericão
 
  1. Partir a couve flor crua em floretes, colocar na bimby e triturar alguns segundos na velocidade 4 até ficar com a consistência parecida com arroz.
  2. Numa frigideira aquecer 1 colher de sopa de óleo de coco (gosto do sabor exótico do coco, se não gostarem podem fazer com azeite)
  3. Saltear a couve flor picada e juntar o atum
  4. Temperar com uma pitada de sal e polvilhar generosamente com manjericão
  5. Quando está pronto, desligar a frigideira, juntar um ovo e mexer, para que coza com o calor
  6. Fazer o mesmo com o queijo e mexer para que vá derretendo com o calor residual.
Está pronta uma refeição confortante super deliciosa e low carb, esta medida dá para dois pratos, e se quiserem, repitam sem culpas.... esta refeição podem comer a dobrar


terça-feira, 1 de Julho de 2014

voltámos


O caminho é o mesmo... e esta rotina de tantos anos conforta-nos a alma...


assim são passadas as nossas manhãs....


chegamos à praia e revimos as regras


e lá vamos para o nosso spot preferido


a manhã voa entre construções e o mar


há sempre tempo para uma bolinha


depois do almoço o nosso refugio


e assim sem sabermos como, o tempo voa mais depressa que o habitual, e quase sem darmos conta, já era tempo de regressar a casa


fomos e viemos tão depressa que agora o tempo parece passar muito mais devagar, os piratinhas já estão prontos para ir de novo de férias e todos os dias perguntam quando voltamos.

Está quase meus amores.... já falta pouco... digo eu... ai se o tempo voasse como nas férias já lá estávamos outra vez...

quinta-feira, 19 de Junho de 2014

Ginginha


A receita já está aqui, desde que descobri esta maravilha que todos os anos a repito, são difíceis encontrar as ginjas, mas se as encontrarem não percam esta oportunidade.


Com a ajudinha da minha bimby a pesar :)


E a canela Suldouro a aromatizar, que eu adoro o aroma de canela.


Em menos de nada está pronta, pelo menos a minha parte, agora os açucares que trabalhem ao sol durante 40 dias mais ou menos, que depois volto a pegar-lhe.

Gosto de a oferecer no Natal, mas ofereço sempre a do ano anterior, esta ainda não estará no ponto, por isso se a fizerem marquem no rotulo o ano da produção e consumam apenas no Natal do ano seguinte, é uma espera que vale bem a pena.

segunda-feira, 9 de Junho de 2014

Pataniscas low carb



A dieta que faço, e que acredito nos torna a todos bem mais saudáveis (além de leves) é uma dieta low carb, esta dieta tem princípios muito simples, "basta" tentarem eliminar os hidratos de carbono da vossa alimentação, e comerem mais legumes e proteínas.

Confesso que o mundo em geral está muito habituado aos Carbs.... estão por toda a parte e parece impossível imaginar novos pratos sem farinhas ou açucares. Mas isto não é verdade... andava com vontade de comer umas pataniscas, então fiz uma versão low carb, com couve flor, ovo e bacalhau.

Se tiverem vontade é muito provável que consigam arranjar substitutos para os vossos pratos preferidos, se não existir creatividade, temos sempre o Google... para pesquisar e encontrar.

Já tinha feito a pizza com base de couve flor, agora as pataniscas, o que virá a seguir?

Pataniscas de couve flor e bacalhau

  • 40 gr de bacalhau demolhado
  • 1/2 couve flor das grandes
  • 2 ovos
  • 50 gr de espinafres
  • sal
  • pimenta
  • açafrão
  • coentros picados
  • óleo de coco

  1. Coloquei água com um fio de azeite no copo da bimby
  2. na varoma coloquei o bacalhau e a couve flor cortada em floretes
  3. programei a bimby: 25 min | varoma | vel. 1
  4. quando acabou de cozer ralei a couve (30 seg | vel. 4)
  5. desfiei o bacalhau (30 seg | inv. | vel. 4)
  6. deitei numa tigela a couve e o bacalhau, juntei 2 ovos, os espinafres e os coentros picados
  7. envolvi tudo muito bem e juntei os temperos
  8. numa frigideira de cerâmica coloquei um pouco de óleo de coco
  9. deitei colheradas na frigideira, e virei apos alguns minutos
  10. gosto assim bem tostadinhas
  11. quando estão prontas ficam a descansar sobre papel absorvente
  12. e estão prontas.. bom apetit!

Nota: utilizei óleo de coco, tenho me inspirado nalguns blogs paleo que valorizam uma alimentação mais natural, o óleo de coco é uma excelente alternativa como gordura para cozinhar e eu utilizei o da Sovex: Óleo de Côco Virgem Bio 200ml. O aroma é delicioso, fiquei fã e vou experimentar em muitas outras alternativas.

Óleo puro bio de coco, oleo de côco virgem proveniente de agricultura biológica, cuja polpa foi ralada e seca a uma temperatura ambiente e em seguida, prensada a frio. É perfeito para levar ao lume, para assar no forno e para a preparação de diferentes pratos no Wok . O seu delicado aroma de coco fresco dá um toque exótico mesmo aos pratos mais simples. E é uma excelente alternativa para as pessoas alérgicas à margarina.

quinta-feira, 5 de Junho de 2014

Gradirripas


É com grande alegria que anuncio esta nova parceria, sou fã da Gradirripas há muito tempo. Dou os parabéns mais uma vez a uma marca Portuguesa que chega tão longe, que apesar de ser uma empresa pequena, eleva a qualidade ao máximo e leva assim Portugal ainda mais longe.

Aqui há uns meses o papá pirata foi em trabalho a Pernes, claro que não o deixei regressar sem antes passar na Gradirripas, foi atendido pelo próprio dono, com uma simpatia e atenção sem limites. Parabéns Sr. Raul Violante pelo seu excelente trabalho e amor ao que faz tão bem.

Por aqui vamos continuar como temos feito a mostrar os nossos cozinhados nestas tábuas perfeitas, e vocês já são fãs da Gradirripas? E se forem a Pernes já sabem, passem por lá e façam uma visita.

http://piratinhapiriri.blogspot.pt/2014/05/um-folar-e-um-blog-deliciosos.html


Gradirripas, Lda. é uma empresa familiar, propriedade da família Violante, oriunda de Pernes, concelho de Santarém, situada bem no centro do país. Com ligações ao sector há já dois séculos, os actuais proprietários fazem parte da quinta geração de uma família tradicionalmente ligada à produção de artigos em madeira. Um saber que remonta aos finais do século XIX, quando Manuel dos Santos Violante trabalhava a madeira como uma verdadeira arte.

A sociedade com a actual designação de Gradirripas – Artigos em madeira Lda., foi constituída em 2006 e dedica-se, sobretudo, ao fabrico de caixas em madeira para vinhos e produtos gourmet, bem como à produção de artigos em madeira para cozinha e pequeno mobiliário.

A madeira utilizada no fabrico dos artigos provém, essencialmente, de pinhais da região centro de Portugal, adquirida a produtores que asseguram a sustentabilidade das florestas. Para tal, são feitas novas plantações em substituição das árvores abatidas para a indústria.

A Gradirripas só adquire madeira a fornecedores devidamente legalizados, sujeitos a fiscalizações periódicas no que respeita à origem da madeira e ao controlo do nemátodo do pinheiro. A madeira é sujeita a secagem em estufa, onde permanece o tempo necessário para garantir um produto de qualidade, isento de humidades e do vírus do nemátodo, que tem atingido as florestas portuguesas. A madeira trabalhada pela Gradirripas é devidamente identificada através do passaporte fitossanitário, que acompanha cada lote de matéria-prima adquirido.
A Gradirripas conta actualmente com 10 colaboradores experientes, especializados nas diferentes fases do trabalho da madeira. A qualidade do produto final é reconhecida no mercado nacional e internacional, em particular no Reino Unido. É para este país que se destina a maior parte da produção, em especial tábuas Jamie's Italian, marca sob a qual o conhecido cozinheiro Jamie Oliver comercializa os seus utensílios de cozinha.
 
http://www.gradirripas.pt/
https://www.facebook.com/GradirripasArtigosEmMadeira


segunda-feira, 19 de Maio de 2014

Ahoy Piratas!


A menos de duas semanas da grande estreia, mal posso esperar! E vocês já marcaram os vossos lugares?

As personagens do livro Piratinha Piriri, de Cláudia Lopes Pinheiro cresceram.
Diogo já tem uma irmã mais nova e por isso já não é o mais novo dos piratas.
Nesta aventura Diogo e os seus amigos irão lutar pelo resgate do tesouro do colar encantado.
Ao contrário do habitual não irão contar com a ajuda do avô, mas serão ...capazes?
A Capitã Unha negra e a sua equipa irão deixar passar?
Entre hábitos de higiene, importância da preservação do meio ambiente, música, dança e coreografias, este espetáculo promete agradar a rapazes e raparigas que se irão identificar com as diversas personagens que pertencem ao universo infantil.
No final mais do que tudo sai a lição da lealdade, espírito de grupo e entreajuda que todos os piratinhas têm entre si.
Resumo:
Espetáculo: «Ahoy Piratas!»
Local: Jardim Botânico da Ajuda, Calçada da Ajuda, 1300-011 Lisboa
Calendário: 1 de Junho a 19 de Julho
Horários: Sábados e Domingos às 16h, 2ª a 6ª feira escolas por marcação
Bilhetes: 6,00€/pessoa (valor único)
Marcações e reservas escolares: 214 531 277, 917 616 954
Classificação: M/4 anos
site: www.grupoanimarte.com


A Capitã Unha Negra (na foto Beatriz Monteiro) e as suas filhas Fabíola (na foto Leonor Mello) e Joaquina (na foto Beatriz Leonardo) tudo farão para dificultar a vida a Diogo e aos seus amigos!
 
Para estarem a par de todas as novidades sigam o nosso evento no facebook!



FICHA ARTÍSTICA
TEXTO Cláudia Lopes Pinheiro e Sofia Espírito Santo
ENCENAÇÃO Sofia Espírito Santo
ASSISTENTE DE ENCENAÇÃO Pedro Martins
MOVIMENTO Paula Careto
INTERPRETAÇÃO Crianças e jovens dos 8 aos 18 anos, entre as quais Beatriz Coelho e Francisco Monteiro (a Joana e o Tomé de Bairro do Panda, Canal Panda), Beatriz Leonardo (Bem Vindos a Beirais, RTP), Daniela Marques (Beijo do Escorpião, SIC), Francisco Monteiro (Sol de Inverno, SIC), Pedro Martins (I Love It, TVI), Renata Belo (Mulheres, TVI) e Sara Mestre (Os Nossos Dias, RTP)
IMAGEM Nuno Rodrigues e Ricardo Afonso

 

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails