sábado, 24 de janeiro de 2015

8


Depois de um dia atribulado, de um turbilhão de emoções e sensações, perto das 18:00 do dia 24 de Janeiro de 2007, no hospital Fernando Fonseca, nascia este bebé pirata e nascia com ele uma mamã e um papá.

Lembro-me de olhar para ti filho, de olhar para ti embevecida, apaixonada, incrédula pela perfeição e grandiosidade que é ver-te nascer de mim e pensar como fui capaz de conceber algo tão importante.

Tenho a certeza que um dia, daqui a muitos anos, quando recordar a minha vida e o que de melhor eu fiz, que este momento lá está. Porque lembro-me que nada na minha vida tinha tido até então esta importância, esta grandiosidade, esta perfeição.

A partir desse momento o meu mundo parou, a terra deixou de girar à volta do sol, o planeta passou a existir para ti, e eu também... a partir desse momento tudo passou a ser secundário, toda a beleza que eu tinha visto, não se comparava contigo, todo o amor que eu tinha sentido, não era nada em relação ao meu amor por ti. Nesse momento nasci novamente e descobri este amor que só se descobre assim...

A partir desse dia passaram a chamar-me de mãe, e é um grande orgulho ser a tua mamã, olho para trás e penso que passou depressa demais, e olho para a frente e espero que o tempo nos deixe abrandar...

A mamã é uma chata sempre a dizer que te adora mas é verdade, e às vezes tenho medo que não saibas isso e quero dizer-te isso vezes sem conta, como ontem:

C: "gosto de ti até à lua e de volta até cá abaixo e de volta até à lua e de volta até cá abaixo, infinitas vezes não sabes?"
D: (de sorriso matreiro e olhos malandros) "gostas de mim até à lua e de volta até cá abaixo, até ao infinito e mais além?"

Sorri e derreti-me seu piratinha lindo e malandreco que partilhas com a mãe a magia dos filmes Disney, e o toy story passa para a vida real com esta frase, e dou comigo quase a chorar a imaginar o meu Diogo como o Andy que cresce depressa demais....

Pelo menos ainda brincas com os teus brinquedos, ainda vimos esses filmes e vibramos juntos, ainda és o meu pequenino, eu sei que fazes hoje 8 anos, e já és muito crescido, mas.... ainda és meu....

E hoje é dia de festa e temos muitas surpresas para ti, hoje e sempre meu amor, que a vida te sorria e traga muitas surpresas boas e mimos a dobrar, pela minha parte cá estarei sempre e nunca te esqueças que te adoro tanto tanto..... ao infinito e mais além!


quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

pão/bolo paleo

 
Adoro comer pãozinho, se bem que só o como de manhã, mas adoro, nada como um bom pão com queijo e um chá quentinho, e porque não fugir do pão tradicional cheio de farinha de trigo? E porque não render-me à farinha de coco e amêndoa e deliciar-me da mesma maneira ou ainda melhor?
 
Sendo assim comecei uma longa pesquisa por vários blogs, o pinterest está uma verdadeira perdição com tantas fotos deliciosas de petiscos paleo, juntei várias receitas, encontrei o que tinham em comum e assim idealizei uma receita base que podem mudar à vossa medida e podem fazer vários sabores diferentes
 
Receita Base pão/bolo paleo
 

Sólidos
  • 2 chávenas farinha (farelo, linhaça, farinha coco, amêndoa, alfarroba, mandioca)
  • 1 c chá Bicarbonato de sódio
  • 1 c chá Sal

Liquidos
  • 6 gemas
  • 1 chávena água (ou leite de coco, ou iogurte, ou banana, batata doce, curgete, maça, pêra)
  • 1/2 chávena gordura (oleo de coco, azeite, manteiga….)
  • 1c sopa Mel

6 claras em castelo

  1.  Juntar os sólidos e pulverizar a pó, reservar.
  2. Juntar os liquidos e misturar bem
  3. Juntar sólidos e líquidos e reservar
  4. bater claras em castelo envolver no preparado
  5. Colocar numa forma forrada a papel vegetal
  6. Cozer a 180º durante cerca de 30 minutos.


Este pão da foto fiz apenas com batata doce, deixo os ingredientes abaixo listados, para a próxima vou juntar também canela na massa, eu e o meu Diogo somos fãs. 
 
E hoje ao pequeno almoço todos nos deliciámos com esta pequena maravilha, talvez seja uma ótima maneira de reduzir as farinhas aí por casa, fiz ainda outra coisa muito prática, juntei coco ralado, com amêndoa na bimby e pulverizei, fiquei assim com a minha farinha "paleo" que guardei num frasco de vidro, sempre que preciso a mistura já está pronta. Experimentem várias combinações vão ver que não custa nada comer melhor.
 
 
pão /bolo de batata doce (ingredientes)
 
  • 2 chávenas farinha (coco, amêndoa)
  • 1 c chá Bicarbonato de sódio
  • 1 c chá Sal
  • 6 ovos
  • 1 chávena de batata doce cozida
  • 1/2 chávena de azeite
  • 1c sopa Mel
 


terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Top Secret

Quase quase a fazer 8 anos que nasceu o meu primeiro amor.... este amor que apenas quem é mãe ou pai conhece.... este amor que nos muda.... e muda o mundo todo à nossa volta... quase a fazer 8 anos que a minha vida mudou para sempre e.... o meu primeiro merece algo muito especial.... como sempre a festa está à espreita, e este ano vai ser bem secreta.... que será que aí vem? Esperam-lhe muitas surpresas e uma casa vestida a preceito... esperemos mais uns dias e veremos .... vai valer bem a espera.... prometo!

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

iguarias de ano novo 3


Falarei em particular de cada uma delas mas aqui estão as iguarias desta passagem de ano:

Entradas

caracóis de chouriço
 

queijo gratinado
 
tábua de queijos
 
Prato Principal
 
 pizzas (desculpem não tirei fotos na mesa)
 

camarão frito à guilho
 
spaguetti de curgete (que servi com roquefort e camarão)
 
Sobremesas
 
 
tarte de maçã, pedida pelo piratinha Diogo

da mesma massa e recheio fiz mini tartes de maçã uma para cada um um miminho extra para uma noite que iria ser longa... (ficaram tão lindinhas)
 
e ainda um cheesecake delicioso que não tenho aqui a foto mas vou procurar na máquina, foi o papá pirata que o fez, é o seu bolo preferido e o nosso também.



quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

iguarias de ano novo - preparações


Oiço vezes sem conta: não sei como tens tempo para tudo isso que fazes, e as receitas, e as decorações, e tudo tão bonitinho e...


Pois bem, o que faço não tem nada de especial, a não ser a preparação, é difícil querer eliminar muitos alimentos processados e escolher um modo de vida mais saudável para mim e toda a família, claro que os piratinhas comem saudável, mas eles comem de tudo e o prato preferido deles é pizza, para esta noite tão especial, fiz para eles o prato preferido, e faço sem complexos de culpa porque faço tudo de raiz, o molho de tomate é caseiro, os ingredientes bem frescos e até a massa é feita por mim.

 
Assim com preparação e organização passei a manhã com os piratinhas em casa e ao mesmo tempo levedei a massa para as pizzas, como a quantidade é grande, deu para pizzas ao almoço e jantar... verdade... que dia em grande para eles... que tanto massacraram a mamã que ela concordou em fazer pizza também ao almoço.
 
Claro, tudo bonitinho com as tábuas da gradirripas lindas que me fazem sentir um jamie Oliver em ponto pequenino.
 
Aproveitei a parte da manhã para preparar alguns outros petiscos, fiz o queijo para gratinar e quando dei conta tinha-me esquecido de fazer almoço para mim, como em dias de festa preparo tanta comida e pareço estar tão enfartada mesmo sem comer, nem me importei, juntei iogurte grego com proteína, chia e canela e almocei levezinho (para compensar a noite) com os piratinhas.

 
Outro dos meus truques é além de preparar o que posso na véspera ou algumas horas antes, dispor tudo o que vou precisar na mesa da cozinha. Poupa-se imenso trabalho a abrir e fechar armários a lembrar de coisas que faltam etc... tudo junto na mesa e vai ter de ser usado ou vai para a sala de jantar, assim como ao lado do fogão.
 


e assim, pouco antes do jantar está tudo pronto, falta a chef e decoradora amadora ir tomar a sua banhoca, arranjar-se o melhor que sabe e a festa pode começar, aproveito para agradecer ao meu forno, que muita ajuda me dá, enquanto começa a festa ele começa a trabalhar e eu não tenho que fazer nada, apenas colocar e retirar tabuleiros, o camarão e a curgete foi só saltear... e assim sem muito trabalho na hora da festa podemos aproveitar.



ps: prometo falar de cada uma das iguarias

iguarias de ano novo

 

Já vos tinha mostrado a mesa, mas assim de petiscos vestida fica bem mais apetitosa


Como já repararam eu faço uma alimentação low carb, pelo que tentando retirar os hidratos de carbono, e adorar queijo, faz com que se corte cenoura e pepino em palitos para se poder disfrutar de um magnifico queijo derretido, quando todos os outros molham tostas ou pão.


Assim havia para todos os gostos, que eu gosto de dar opções a dietas diferentes


Também fiz uns folhadinhos de chouriço, os preferidos do piratinha Diogo


 E claro que não podia faltar a minha perdição, uma bela tábua de queijo, aproveitando para falar a perdição, a perdição dos piratinhas, batatinhas fritas de pacote, permitidas em dias de festa... ano novo é dia de perdição



Fica ou não fica linda? e é possível fazer dieta em dias especiais... há dietas difíceis...

ps: dizem vocês... mas é uma festa... não abres uma exceção à dieta rapariga? respondo... claro que abro... exceção aberta para a sobremesa, peco uma vez mas em grande heheheheh

ano novo...

 
Bem o primeiro Post de 2015...
Começou o ano novamente, lembro-me de sentir desde sempre que não mudava grande coisa, mas que adorava a festa em volta deste dia, adoro as tradições que cada vez são mais e consecutivas, lembro-me das passas que são doze e devem ser comidas acompanhadas de desejos que não se contam a ninguém, lembro-me que há poucos anos tinham de ser comidas em cima de uma cadeira, depois ouvi falar nas notas nos bolsos e das cuecas azuis...



Lembro-me destas coisas e riu-me sozinha a imaginar quando for velhinha se me consigo lembrar das 20 coisas que por essa altura deve ser preciso fazer para que o ano novo nos traga sorte
Ao mesmo tempo aproveito e olho cada ano passado em tom de revista, olho para o que fiz e não fiz, para os planos que consegui realizar e os que ainda não consegui, para as surpresas que apareceram que nem fazia ideia, para a minha família, para os meus piratas que crescem depressa demais...
Este ano fizemos algo diferente, pela primeira vez em muitos, muitos anos passámos o ano sozinhos, a 4... nunca o tínhamos feito e para esta importante data tinha que preparar um jantar a preceito.


Os meus amores merecem todo o requinte e atenção e assim vesti a nossa mesa de azul e branco, e foi uma das passagens de ano melhores de sempre, foi nossa, à nossa medida, ao nosso tempo, calma e com os seus momentos tontos e particulares que só os piratas conhecem. O jantar requintado à medida de cada um (requintado para os piratinhas é bastante modesto e caseiro... mas lindo e muito bom..)

E assim começámos o ano da melhor maneira, e desejo a todos que este ano vos traga muitas alegrias e surpresas daquelas que nem imaginam, mas que quando aparecem nos fazem sorrir!

Piratinhas por favor parem de crescer tão depressa e papá pirata adoro-te!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails