quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Diogo

Desde este 1º vislumbre de ti, que soube que te amaria para sempre e mais do que tudo o que alguma vez conheci, passei a preocupar me contigo desde o 1º instante: não posso comer isto, não posso fazer aquilo, "não faças esforços" dizia alguém, "não te preocupes", "não andes ansiosa", "olha que o bebé sente tudo"..... às vezes sentia-me como um involucro... às vezes parecia transparente, era só uma barriga, até os desconhecidos passavam por mim e sorriam ou tinham algo a dizer... À 12ª semana mais uma eco..... mais uma vez lá fui eu toda nervosa.... e depois lá estavas tu, todo perfeitinho, um mini bebé dentro da minha barriga (que ainda mal se notava), e já te mexias.... sempre a agitar as mãozinhas e as pernas, e até davas saltos.... "que pena de não o sentir".... e a médica pára: "querem saber o sexo?".... "É UM RAPAZ!!!!!" dissemos a correr.... é um rapaz!!!... é um rapaz .... é um rapaz!.... Foi naquele momento que passaste a ser o Diogo, foi desde aí que comecei a sonhar tudo o que queria para ti, tudo aquilo que te quero dar e comecei a imaginar a tua linda carinha que só mais tarde iria ver...O tempo passou tão devagar, e a barriga (e eu) a crescer... a crescer...comecei a arranjar umas coisitas, 1º umas roupitas, depois o teu quarto, depois um carrinho, uma banheira, a mala para a maternidade, e tu ..... nada..... mais uma vez lá estava eu parada no meio do tempo com tudo pronto e à espera...."então?? ainda aí anda??? ".... as pessoas são muito chatas, não se pode andar em lado nenhum: "eh pá que barriga tão grande!!! ".... isso tá quase!!!!" .... e a minha preferida: "ahhh a barriga tá tão descida!!!! vai ver que nasce na mudança da lua!!!!!" .... pois só é pena é que a lua mudava todas as semanas e nada.... e havia uma coisa que não me saía da cabeça: quando começar.... como é???toda a gente diz: " quando começar vês logo!!!", "não vais ter dúvidas nenhumas!!!"......pois.........que giro......e eu à espera...... gigantesca...... começou de noite, quase não se dava por nada, uma sensaçãozinha estranha na barriga, quase nada, pelo menos nada que me fizesse ter a certeza como toda a gente dizia... e eu esperei... a sensação não passava e achei melhor contar ao papá: - "acho que estou a sentir qualquer coisa..."- "o quê?..."- "não sei, é estranho..."- "mas queres ir ao hospital??..."- "não, e se não fôr nada??"- "não sei...."e voltámos à espera... e a sensação continuava ... então de madrugada voltei a chatear o papá:- "pode não ser nada, mas acho melhor irmos ao hospital, se não fôr ainda tens tempo de ir para o trabalho..."e lá fomos nós, sempre com um frio na barriga de incerteza e ao mesmo tempo de preocupação, será que é hoje???..... será que não é nada????..... será que está tudo bem???... será que vai correr tudo bem?????....será que é hoje que vou conhecer a carinha do meu Diogo????..... mal sabiamos nós que seria mesmo nesse dia que te iamos ver, pegar e beijar pela 1ª vez.... um dia que parecia não ter fim... um autentico turbilhão de emoções ...( e de sensações ) .... mas isso .......será outra História!!!!!

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails