sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Abecedário


Sempre me espantaste Piriri, aos 18 meses eras um piratinha rechonchudo, e já sabias o abecedário de cor. Podiamos apontar qualquer letra, que a sabias na ponta da lingua e a dizias muito prontamente. Quando começaste a dizer as letras lá no infantário a educadora falou comigo, perguntou se eu te ensinava as coisas, queria me pedir para não te entusiasmar nalguns assuntos mais crescidos, pois quando chegasse a altura certa de aprender podias ficar desanimado.
A verdade é que não te incentivei a nada, a verdade é que quando tens muita curiosidade não páras de fazer perguntas e eu não me canso de te explicar, não concordo em dar respostas tontas só porque és inocente, não concordo em ensinar mal, por isso tento explicar à medida das tuas dúvidas, e assim, a pouco e pouco, vais aprendendo a brincar...
Ontem voltaste do colégio todo entusiasmado, um passeio ao oceanário foi o mote de uma boa conversa, sugeri desenhares o que viste e assim começou uma odisseia de desenhos que cobrem agora todo o nosso frigorifico.
Quem te conhece sabe como és ligado à corrente, como falas atropelado de pensamentos e ideias, como mudas de tarefa ou vontade num milésimo de segundo, por isso não estranhei quando de peixes passámos para os colegas, para o espaço e os planetas e o sol, para uma cidade onde só há 1 estrada e muitas árvores, para a nossa familia, e finalmente para as letras...
disseste: "já sei mãe!! o abecedário!!!"
e há medida que cantavas a música que aprendeste no Panda, começaste assim a escrever, escreveste sem parar até ao I e depois pediste ajuda, eu ia escrevendo no papel as letras que me pedias, algumas dizias que não era preciso, que já sabias, e quando acabou o espaço para escrever, escreveste as letras que faltavam nos espaços livres...
Aqui filho.... aqui voltaste a espantar-me!
Tens 4 aninhos, as tuas mãos tremem a escrever e não consegues controlar os traços muito bem... mas a tua cabeça... a tua vontade são tão grandes... és incrivel filho !!
Decidi vir aqui hoje escrever-te, porque ontem tentei não ser demasiado efusiva, não te quero influenciar, não quero puxar mais por ti quando tu já puxas tanto. Mas fiquei tão espantada, tão feliz por seres capaz de algo tão espectacular que tinha de te dizer assim desta maneira.
És grande filho, não és nada Piriri... secalhar devia mudar o nome do blog... ADORO-TE!!!

2 comentários:

SoraiaSilva disse...

São tão giras as "histórias" do teu pequenino..
É de facto, uma criança muito inteligente e especial!
Muitos beijinhos aos dois*

Pauluxa disse...

Olá,
Os nossos filhos tem a capacidade de nos surpreenderem sempre, são pequenos génios que os ensinam grandes lições de vida, como lutar tão simplesmente, tudo é puro e tão sábios.
Beijinhos e muitos parabéns pelo teu fantástico filho.
Obrigada por repartires esta maravilhosa situação.
Beijinhos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails