quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

bichinho de palco

 
Pois é, a vida tem destas coisas, e quem sente este bichinho cá dentro, não se consegue afastar deste mundo por muito tempo
 

Voltei a dançar, passados estes quase 10 anos sem dançar, voltei a desafiar-me a aprender a dançar algo que sempre quis e nunca tinha tido coragem, e assim com passinhos de bebé volto quase aos 40 anos a deixar entrar de novo em mim, este formigueiro que corre nas veias...

 
esta emoção louca que nos enche quando estamos ali, toda a responsabilidade e o medo de estar debaixo das luzes, à frente de tantos olhares e na agora moderna sociedade, de frente para tantos telemóveis e tablets levantados no ar
 

Naqueles instantes o tempo parece parar, planar naquele espaço escuro e iluminado e a emoção, bem, essa regressa em cada batida, em cada movimento, em cada respirar...
 
Obrigada querida professora e colegas bailarinos por me ajudarem a reviver e a viver estes novos momentos. Obrigada por me ajudarem a ser feliz.
 



 

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails